Dear reader,
You may have noticed that we’ve changed domains from Minestories to Solid Ground online, a name that more inclusively reflects our broad range of solutions for the mining and rock excavation industries. Rest assured, you’ll still be able to read and watch the ground-breaking content you’ve come to expect. Thanks for visiting.

<p>Cangurus estavam entre os diversos animais trazidos para entreter aqueles que desejavam ficar ricos durante a corrida do ouro da Califónia. </p>
Mostrar legendaOcultar legenda

Cangurus estavam entre os diversos animais trazidos para entreter aqueles que desejavam ficar ricos durante a corrida do ouro da Califónia.

Magnetismo animal

Durante a corrida do ouro da Califórnia, no século XIX, animais exóticos foram importados para os EUA por vários motivos, entre eles o simples fato de serem uma novidade.

Em meados dos anos 1800, um grande número de pessoas foi para a Califórnia na esperança de descobrir riquezas incalculáveis. Era a metade da corrida do ouro da Califórnia e mais de 300.000 garimpeiros foram procurar o metal precioso.
Um artigo recente publicado no California History explica que o metal não era a única parte interessante da vida californiana no século 19, já que muitos dos garimpeiros levaram animais exóticos para a área. Eles foram levados para servirem de comida, mas também permitiram que os exploradores vendessem roupas e acessórios feitos de espécies não-nativas.

O animal que viajou a maior distância foi o canguru. Ele não foi levado para alimentar a população, mas sim para que o seu dono cobrasse das pessoas que queriam ver o raro e estranho animal. Em uma época em que os novos moradores não tinham certeza se poderiam ganhar dinheiro com o ouro, cobrar para ver um animal australiano foi uma alternativa para lucrar em tempos difíceis.