Dear reader,
You may have noticed that we’ve changed domains from Minestories to Solid Ground online, a name that more inclusively reflects our broad range of solutions for the mining and rock excavation industries. Rest assured, you’ll still be able to read and watch the ground-breaking content you’ve come to expect. Thanks for visiting.

Mérito à pátria

Heróis que batem recordes podem soar como tema de livro, mas com a ajuda dos equipamentos e treinamentos da Sandvik Mining and Rock Technology, isso é realidade na mina Taldinskaya Zapadnaya-2 da SUEK, na Sibéria.

Inaugurada em 2001, a mina Taldinskaya Zapadnaya-2 está localizada na região de Kemerovo, na Sibéria. Fica no centro do distrito geológico industrial de Yerunakovskiy, praticamente no coração da mineração de carvão da Rússia. De propriedade e operada pela Siberian Coal Energy Company (SUEK), a Taldinskaya Zapadnaya-2 tinha uma capacidade anual de abertura de 600.000 toneladas e desde então se transformou em uma das minas mais produtivas da região, com capacidade anual de 3 milhões de toneladas. Em termos de escala e produtividade, a Taldinskaya Zapadnaya-2 é considerada uma mina de carvão ideal.

A SUEK é uma das principais produtoras russas de carvão que utiliza métodos de mineração subterrânea e de superfície. A maior parte das matérias-primas que escava consiste em hulha e lignito. A empresa também é forte no mercado global de carvão: é a sexta em termos de produção e a quarta em termos de exportações.

A Taldinskaya Zapadnaya-2 é também a vencedora do prêmio “Herói do Trabalho da Rússia” e é onde atua o chefe de Equipe da SUEK, Aleksandr Kulichenko. Ele foi presenteado com a Estrela de Ouro pelo presidente russo em 25 de abril de 2018 e, oito anos antes, foi premiado com uma medalha de segunda classe de Ordem por Mérito à Pátria por seu trabalho na mina. Em 2015, a equipe de 44 pessoas de Kulichenko bateu um recorde mensal na indústria russa de carvão por escavar 1.012 metros. Depois, em dezembro de 2016, Kulichenko bateu outro recorde de 1.272 metros. Por seus esforços, ele recebeu o título de “Herói de Kuzbass” e fez tudo isso com um bolter miner Sandvik MB670 sob seu comando.

Hoje, o herói de 49 anos só trabalha no primeiro turno para preparar a frente para as operações das próximas 24 horas. Kulichenko reconhece que não tentou bater os recordes – eles simplesmente aconteceram.

“Eu queria ter um bom progresso trabalhando com a minha equipe e, graças às boas e novas máquinas, conseguimos ótimos resultados”, diz.

O Sandvik MB670 é o melhor equipamento que já utilizei

“O Sandvik MB670 é o melhor equipamento que já utilizei, por sua usabilidade, revestimento da mina e nível de segurança. A vantagem dele está em sua estrutura de extensão com um acionamento hidráulico que permite que o corte seja feito sem usar um acionamento por esteira. Nós o colocamos na galeria, aceleramos e pudemos ver que ele é capaz de percorrer um longo caminho.”

O Sandvik МВ670 tem um design à prova de explosão, e Kulichenko conta que ele foi pensado com o máximo de detalhes. Embora ele confesse que pequenas falhas aconteceram, os engenheiros de suporte Técnico da Sandvik sempre as corrigiram prontamente, ajudando a evitar longas paradas.

Anatoliy Meshkov, primeiro CEO da empresa e diretor técnico da SUEK-Kuzbass, pesquisou por muito tempo sobre quais equipamentos comprar quando a oportunidade se apresentasse. Ele explica por que a empresa escolheu o novo Sandvik MB670-1.

“Nós já trabalhamos com o Sandvik MB670, batendo recordes de escavação de mais de 1.200 metros em um mês”, lembra. “Já aprendemos a extrair muito carvão e agora nosso maior desafio é escavar rapidamente. É por isso que escolhemos os bolter miners da Sandvik. Duas das oito máquinas compradas já foram colocadas em operação e estamos aguardando a entrega da terceira.”

Dados técnicos  sandvik MB670-1

  • Comprimento total: 11,24 m
  • Largura da plataforma: 4,36 m
  • Distância ao solo: 27 cm
  • Largura da carregadeira: 4,5 ma 5,2 m
  • Largura do transportador: 76 cm
  • Largura de corte: 5,2 m
  • Altura de corte: 3,5 ma 4,5 m
  • Potência do cortador: 270 kW
  • Dureza de rochas: 50 MPa a 80 MPa
  • Capacidade de carga: 25 t / min
  • Diâmetro das pontas de ataque: 20 mm a 30 mm
  • Peso total: 105 ton

Os novos Sandvik MB670-1 inspiram grandes expectativas para o desenvolvimento de minas. As máquinas são usadas para minerar uma nova jazida de carvão. Na mina Yalevskiy, da empresa, um grande longwall com 11 milhões de toneladas de reservas está sendo preparado. Uma galeria de 6 km precisa ser concluída em seis meses, o que, se realizado a tempo, será um excelente resultado. Há também planos ambiciosos para a Taldinskaya Zapadnaya-2.

Juntamente com o Sandvik MB670, a Taldinskaya Zapadnaya-2 está usando outros equipamentos da Sandvik: mineradores contínuos Sandvik MR340, um transportador Sandvik TC790, uma sonda de exploração Sandvik DE880, uma Leopard DI550 para perfuração de superfície, um britador tipo sizer Sandvik CR620 e um feeder breaker Sandvik CR320.

Meshkov conta que o equipamento pode parecer complicado, mas não é difícil aprender a operá-lo.

Operadores e especialistas em manutenção são treinados para operar e realizar manutenções no equipamento nas instalações da Sandvik em Zeltweg, na Áustria, e obtêm certificações ao final. Esses especialistas depois são envolvidos na manutenção das novas máquinas.

Enquanto o equipamento está na garantia, os operadores se comunicam com os especialistas de suporte técnico da Sandvik todos os dias. Eles registram as horas do motor e auxiliam na correção de qualquer falha, já que o tempo de inatividade pode levar ao não cumprimento do plano de produção e, consequentemente, resultar em perdas financeiras significativas. Os profissionais da Sandvik fazem jus à sua reputação: até mesmo o problema técnico mais complicado é resolvido em 24 horas. O operador de minerador contínuo Petr Boretskiy aponta várias vantagens do Sandvik МВ670-1.

“É ótimo que ele seja equipado com um tambor de corte estendido telescopicamente”, pontua. “Isso garante mineração contínua e atirantamento do teto e as laterais das galerias da mina. Ele economiza tempo e esforço significativos, garantindo a segurança do trabalho subterrâneo. Percebi que o nível de ruído e as vibrações também diminuíram. O bolter miner tem um reservatório de poeira mais eficiente em termos de espaço e um sistema de resfriamento de água. Uma grande vantagem é a superfície suave da mina, assegurada pelo sistema de corte automatizado adaptável.”

<p>Aleksandr Kulichenko foi presenteado com o prêmio  “Herói do Trabalho da Rússia” por estabelecer um recorde de escavação usando o bolter miner Sandvik MB670.</p>

Aleksandr Kulichenko foi presenteado com o prêmio  "Herói do Trabalho da Rússia" por estabelecer um recorde de escavação usando o bolter miner Sandvik MB670.

Todos os dias, operadores trabalham com o novo Sandvik MB670-1, ajudando a implementar os novos e mais ambiciosos planos. Quaisquer que sejam os recordes e planos de expansão da empresa, e por mais avançadas que sejam as máquinas utilizadas pelos operadores, a segurança sempre vem em primeiro lugar para a SUEK.

“Investimos muito dinheiro em segurança ocupacional para o bem das pessoas e do meio ambiente”, destaca Meshkov.

E isso é evidente. A empresa foi premiada com o Prêmio EraEco pela Criação de Produção Ambientalmente Amigável, da UNESCO. Em 2016, a SUEK-Kuzbass ganhou o Prêmio Evolução do Ministério de Recursos Naturais para a Melhor Solução Complexa em Tecnologias Ambientalmente Amigáveis.

Ainda assim, a maior parte da equipe está impressionada com o equipamento. Boretskiy praticamente brilha de orgulho ao descrever o controle digital de velocidade de deslocamento e manobrabilidade do Sandvik MB670-1, que otimiza o ciclo de corte.

“Realmente gosto do que vejo ao operar o novo bolter miner”, diz. “Eu me sinto como um capitão em seu navio. E também gosto de poder monitorar o estado da massa de carvão remotamente usando o controle wireless.”

SUEK-KUZBASS

A SUEK tem mais de 1.900 clientes em 42 países. Está presente em oito regiões da Rússia, e sua principal atuação é em Kemerovo. A empresa possui os seguintes ativos:

  • 2 minas de carvão a céu aberto
  • 7 minas de carvão subterrâneas
  • 5 plantas de preparação
  • 1 operação combinada com departamento de transporte
  • 13 empresas de serviços
  • 10 frentes de exploração
  • 48 galerias
  • 437 km de minas em operação
  • 12.922 colaboradores